Notícias: Abrangência, foco, público e viés

Abrangência

A abrangência da Plataforma Solers é todo o espectro de interesse empresarial de empresas de grande porte. Se o tema é relevante para grandes organizações e seus resultados, ele é um tema potencial da Plataforma.

Foco

O foco está em informações estratégias e financeiras que avaliem resultados passados e que podem impactar em desempenhos futuros.

Embora empresas internacionais sejam ocasionalmente cobertas, o foco primário está em empresas brasileiras.

Público-alvo

O público-alvo almejado pela Plataforma contempla:

  • Investidores: alocam recursos financeiros;
  • Executivos: executam iniciativas em organizações;
  • Analistas: analisam contextos e orientam executivos e investidores;
  • Prestadores de serviço: ajudam investidores, executivos e analistas;
  • Aspirantes a pelo menos um dos 4 perfis acima.

Viés editorial

A Plataforma procura não ter viés tradicional ideológico ou partidário. Não somos de direita, de esquerda ou centro, pró ou contra o governo estabelecido, ou que demoniza a riqueza e vitimiza a pobreza.

Se há um viés, ele provavelmente relaciona-se com a criação de riqueza para a sociedade. Somos a favor da criação agregada de riqueza e bem estar à sociedade. Algumas vezes isso é alcançado por ideologias de direita, outras de esquerda, outras pelo governo e outras ainda contra o governo. Ou seja, nossa orientação é simplesmente diferente da orientação tradicional de veículos de imprensa.

Apesar disso, é inegável que opiniões expressas passem pelo filtro do redator e de como ele enxerga a realidade. Tal filtro inevitavelmente carrega o viés pessoal, mas o ideal almejado é a isenção.

Ao mesmo tempo, isso não deve implicar nem em ingenuidade, nem em passividade para abordar temas mais desconfortáveis. Pelo contrário, a abordagem com menos viés ideológico cria uma liberdade que gera resultados interessantes.

Com o avanço do tempo poderemos mudar de opinião sobre temas abordados no passado. Preferimos nos ater a verdade do que ao que falamos no passado. Isso é essencial para a busca da verdade e a qualidade dos textos.


Ver notícias