Últimas notícias em 29/09/2020 03:59:59

28/09/2020 13:54 Aeronave é exclusiva da Azul Cargo Azul estreia E-195
A Azul (B3: AZUL4) recebeu as certificações necessárias para iniciar as operações com o primeiro jato cargueiro Embraer E-195 em todo o mundo.

O 1º voo com a nova aeronave cargueira da empresa aconteceu no sábado (2020-09-26). Além dela, 3 outros aviões serão adaptados para o transporte de cargas até o final do ano, beneficiando os clientes de e-commerce da Companhia.

2 das 4 aeronaves serão dedicadas para empresa de e-commerce (de nome não divulgado) por pelo menos 6 meses.

Os 4 cargueiros da Embraer se juntam aos dois Boeings 737-400F, ampliando para 6 o total de aeronaves exclusivamente dedicadas à Azul Cargo Express, unidade de negócios de cargas da Azul.

A Companhia conta ainda com 5 aviões modelo ATR que transportam clientes, mas que são rapidamente transformados em cargueiros, aumentando a oferta dedicada.

A Azul entende que a combinação destes aviões dedicados com a capacidade disponível em sua malha de transporte de passageiros contribuirão para aumentar a eficiência e capacidade logística da Azul Cargo Express.
Leia mais ...

28/09/2020 13:43 Companhias apresentaram proposta em conjunto Sabesp e Iguá tentam concessão em Alagoas
A Sabesp (B3: SBSP3) e a Iguá (B3: IGSN3) anunciaram proposta conjunta pela concessão da prestação dos serviços de água e esgoto na região metropolitana de Maceió/AL.

A Concorrência Pública está sendo realizada pelo estado de Alagoas, enquanto que o resultado sairá em 2020-09-30 (quarta-feira).

Recentemente, a Sabesp comunicou que iria começar a oferecer seus serviços para outros estados além de São Paulo.
Leia mais ...

28/09/2020 12:12 Serão 2 séries de até R$ 1,1 B BRK Ambiental realizará 8ª emissão de debêntures
A BRK Ambiental anunciou sua 8ª emissão de debêntures no valor de até R$ 1,1 B.

O prazo de vencimento das debêntures da 1ª série é de 5 anos contados da data de emissão e 14 anos contados para as da 2ª série. A Companhia ainda não divulgou preço e nem a quantidade de debêntures a ser emitida por série.

Segundo a BRK, os recursos captados com a emissão serão destinados para refinanciamento da totalidade de suas dívidas corporativas e para compor seu capital de giro.
Leia mais ...

28/09/2020 11:10 Comprada pela White Martins Petrobras vende fatia na Gemini
A Petrobras (B3: PETR3 e PETR4) anunciou a venda de 40% na GNL Gemini (conhecida como Gás Local) para a White Martins.

Ainda foi anunciado acordo de encerramento de pendências societárias, de arbitragem e temas em discussão judicial referentes às operações da Gás Local e ajustes nas condições comerciais para o fornecimento de gás, pela Petrobras, na qualidade de consorciada do Consórcio Gemini, formado entre Petrobras, White Martins e a Gás Local, até o final de 2023.
Leia mais ...

28/09/2020 11:00 Serão quase R$ 790 M de aumento SBPAR precifica ação e aumento de capital
A Santos Brasil Participações (SBPAR) (B3: STBP3) precificou as ações de sua nova OPA e ratificou o valor total de aumento de seu capital social.

Cada ação valerá R$ 4,10, enquanto que o aumento do capital social da Companhia será de quase R$ 790 M, distribuídos em pouco mais de 192,6 M ações ON.

Sedo assim, o capital da SBPAR irá para mais de R$ 1,8 B, dividido em mais de 862,4 M de ações. As novas ações passarão a ser negociadas na B3 em 2020-09-28 (hoje) sendo que, amanhã (2020-09-29), será liquidada física e financeiramente.
Leia mais ...

28/09/2020 10:15 Serão até 2 séries de até R$ 480 M Energisa aprova 14ª emissão de debêntures
A Energisa (B3: ENGI3, ENGI4 e ENGI11) liberou a realização de sua 14ª emissão de debêntures em até 2 séries.

O valor máximo das debêntures será de 480 M, divididas em até 480 K debêntures. Cada unidade terá o preço de R$ 1 K.

A quantidade de debêntures em cada série será definida após o Bookbuilding. O valor arrecadado será utilizado para pagamento de investimentos anuais correspondentes às obras classificadas como expansão, renovação ou melhoria da infraestrutura de distribuição de energia elétrica.

As debêntures terão validade de 7 anos a partir de sua data de emissão.
Leia mais ...

25/09/2020 11:33 AGE foi convocada D'Or São Luiz discutirá listagem e conversão
A Rede D'Or São Luiz convocou AGE (Assembleia Geral Extraordinária) para 2020-10-09 para discutir a conversão de sua categoria de emissor de valores mobiliários de B para A e sua listagem no Novo Mercado da B3.

Caso os órgãos societários competentes da Companhia aprovarem IPO (oferta pública inicial de distribuição de ações) ON e tal IPO vier a ser efetivamente realizado, a Rede D'Or recomendou desde já que os potenciais investidores fundamentem suas decisões de investimento única e exclusivamente nas informações que constarão dos prospectos preliminar e definitivo da oferta.

Estes incorporarão por referência o formulário de referência da Companhia e deverão conter todas as informações relevantes sobre os negócios, a condição financeira e o resultado das operações da Rede e o IPO, incluindo fatores de risco que devem ser considerados com relação à Companhia, ao IPO e ao investimento em suas ações ON.
Leia mais ...

25/09/2020 11:23 Recurso da Companhia garante equacionamento Portobello paga dívida com Refinadora Catarinense
A Portobello (B3: PTBL3) anunciou a aprovação para o equacionamento da dívida existente com a Refinadora Catarinense. A origem desta dívida tem como marco histórico a garantia prestada pela Refinadora na operação de cessão de créditos tributários.

Esses créditos foram objeto de compensações fiscais a partir de 2002 e resultaram na não homologação pela Receita Federal, o que gerou passivo tributário.

O passivo foi objeto de parcelamento extraordinário em 2009, ocasião em que a Companhia celebrou com a Refinadora contrato de dação em pagamento, cuja finalidade era a transferência de valores declarados em precatório judicial.

Este precatório foi dado em penhora em processos de execuções fiscais movidos contra a Portobello, cuja origem foi as glosas das referidas compensação levadas a efeito.

Dada a impossibilidade de levantamento parcial dos valores depositados relativos a esse precatório, foi determinado pelo Juízo da 7ª vara Federal do Distrito Federal, em 2019-07 a transferência de numerários, de modo que a aludida penhora realizada por meio do precatório fosse substituída por pecúnia.

Em 2020-09-08, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) julgou procedente o pedido da Portobello em recurso especial e terminativo, cuja decisão implica na extinção dos processos de execuções fiscais, ora garantidos em pecúnia, de precatório cedido em dação em pagamento por parte da Refinadora.

Desta forma, a extinção das execuções fiscais possibilita, segundo a Companhia, o equacionamento da dívida, pois permitirá:

  • Levantamento dos valores penhorados (R$ 89,5 M);
  • Aplicação de deságio estabelecido no contrato de dação em pagamento (R$ 8,2 M);
  • Pagamento em dinheiro pela Refinadora Catarinense (R$ 4,2 M), dando quitação da dívida (R$ 101,9 M). 
Leia mais ...

25/09/2020 10:45 Contrato inicial vale por 3 anos Vulcabras licencia Azaleia para Grendene
Depois de adquirir a marca Mizuno no Brasil junto à Grendene (B3: GRND3), a Vulcabras Azaleia (B3: VULC3) agora fez o caminho inverso e licenciou sua marca de calçados femininos, Azaleia, para a Grendene.

O contrato, válido por 3 anos e renovável por mais 3, permitirá que a Grendene crie o design, produza e comercialize calçados femininos em geral da Azaleia no Brasil e em quase todos os países do mundo - as exceções são Peru, Chile e Colômbia.

A Vulcabras continuará distribuindo e comercializando calçados femininos apenas no Peru e na Colômbia por meio de suas subsidiárias e, no Chile, por meio de franqueado. O abastecimento de produtos para estes países será fornecido pela Grendene e/ou outros fornecedores.

Todavia, a Vulcabras frisou que  não haverá qualquer solidariedade entre as companhias com relação às suas respectivas atividades e obrigações junto a quaisquer terceiros.

A remuneração será paga pela Grendene com base em percentual (não divulgado) das receitas operacionais líquidas mensais dos produtos em condições equitativas de acordo com padrões atualmente praticados pelo mercado e pela Companhia com outros licenciadores.

A operação segue a estratégia da Vulcabras, que vem focando na produção e comercialização de artigos esportivos (como os da Mizuno).

Segundo a Vulcabras, enquanto operada por si, a comercialização de calçados femininos da Azaleia aferiu receita operacional líquida total (excluindo-se as receitas das subsidiárias do Peru e da Colômbia e franquia no Chile) de cerca de R$ 132 M no exercício social de 2019.
Leia mais ...

25/09/2020 10:23 Processo renderá R$ 30 M aos cofres da empresa Romi espera pagamento com condenação da Eletrobras
A Indústrias Romi (B3: ROMI3 e ROMI4) venceu processo judicial contra a Eletrobras (B3: ELET3, ELET5 e ELET6) acerca de cálculos de empréstimo compulsório sobre energia elétrica entre 1978 e 1993, não cabendo mais recurso à Companhia de energia.

Sendo assim, a Romi aguarda o depósito da Eletrobras no valor de R$ 41,3 M, que, retirados os honorários advocatícios, devem render ao caixa da Companhia o montante de R$ 30 M.
Leia mais ...

25/09/2020 10:10 R$ 3 M bruto CSU vai pagar JSCP
A CSU Cardsystem (B3: CARD3) comunicou que efetuará pagamento de JSCP (Juros Sobre Capital próprio) relativos ao 3T/2020.

O valor bruto total é de R$ 3 M (R$ 0,072985651/ação), que será pago até 2021-03-31 com base na posição acionária de 2020-09-29.

As ações passarão a ser negociadas ex-JSCP a partir de 2020-09-30, inclusive. Será imputado aos dividendos estatutários obrigatórios a serem pagos pela Companhia relativos ao exercício social de 2020.
Leia mais ...

25/09/2020 09:31 Assim como em 2020-03 Caixa interrompe novamente OPA de controlada
A Caixa informou que solicitou à CVM nova interrupção da análise da documentação referente ao registro da OPA secundária de ações ON da Caixa Seguridade.

O banco já havia efetuado o mesmo pedido em 2020-03 e solicitou a retomada das análises em 2020-08. A razão alegada pela Caixa para tal atitude é, mais uma vez, a atual conjuntura do mercado.

Consequentemente, assim como em 2020-03, a Caixa também irá solicitar à B3 o pedido de interrupção da análise da documentação referente à admissão e listagem da Caixa Seguridade no Novo Mercado.
Leia mais ...

25/09/2020 09:10 Não haverá alteração do capital social D'or São Luiz vai desdobrar ações
A Rede D'or São Luiz informou que efetuará o desdobramento de suas ações.

A proporção será de 2:1 ON e não haverá alteração no capital social da Companhia. Em decorrência do desdobramento, o capital social da Companhia é de R$ 2,4 B, representado por mais de 1,8 B ações ON.

As novas ações terão todos os direitos e benefícios das demais ações e serão atribuídas aos acionistas na proporção de ações que cada acionista for titular em 2020-09-24 (ontem).
Leia mais ...

24/09/2020 14:04 Avaliação de estragos expostos na Lava-Jato BNDESPAR quer AGE da JBS
O BNDESPAR solicitou que a JBS (B3: JBSS3) convoque uma AGE (Assembleia Geral Extraordinária) para debater, como tema central, o Acordo de Leniência e a delação premiada de 7 executivos da Companhia para com o MPF (Ministério Público Federal) no âmbito da Operação Lava-Jato.

Vale ressaltar que, por meio dos acordos de Delação Premiada, foi revelada a prática de atos contrários à lei, ao Estatuto Social da Companhia, bem lesivos à própria Companhia, seus acionistas minoritários e demais stakeholders, como pagamento de vantagens ilegais a agentes públicos, lavagem de dinheiro por meio da emissão de notas fiscais frias e doações ilegais a campanhas eleitorais utilizando-se recursos da Companhia.

Com o fim do Procedimento Arbitral do qual a JBS foi interveniente, a BNDESPAR aproveitou para solicitar a AGE principalmente para que os acionistas da JBS "tenham oportunidade de discutir e decidir sobre medidas cabíveis em defesa dos direitos e interesses da Companhia à luz dos desdobramentos de tais fatos".

Outra temática que promete ser muito discutida na Assembleia é a possibilidade de ingresso de ação contra os ex-administradores da Companhia (os irmãos Wesley e Joesley Batista, Florisvaldo Caetano de Oliveira e Francisco de Assis e Silva) com vistas à defesa dos direitos e interesses dos acionistas, inclusive com relação às responsabilidades por prejuízos causados à Companhia por administradores, ex-administradores e controladores envolvidos nos atos ilícitos confessados nas Delações Premiadas e em outros acordos.

Em resposta ao pedido, a JBS limitou-se a informar que seu Conselho de Administração se reunirá em caráter extraordinário para apreciar o pedido.
Leia mais ...

24/09/2020 13:42 Sobre suposto "desinteresse" na proposta de M&A Linx responde Totvs
A Linx (B3: LINX3) respondeu às críticas e acusações da Totvs (B3: TOTS3) de que a Companhia estaria barrando a análise da proposta de compra da empresa brasileira de TI, de forma a beneficiar o acordo já fechado com a StoneCo.

O Comitê Independente da Companhia alegou ter recebido com "surpresa" o comunicado da Totvs "uma vez que representantes daquela companhia realizaram dezenas de interações com os membros do Comitê Independente da Linx e seus assessores", além de afirmar que algumas dessas conversas ocorreram "horas antes da divulgação do comunicado".

Além de avaliar o texto como improcedente, o Conselho indicou ainda que segue firme no propósito de avaliar a proposta de compra da Totvs, incluindo eventual recomendação de aprovação ao Conselho de Administração e encaminhamento à AGE (Assembleia Geral Extraordinária).

Por fim, o Comitê frisou que seus esforços "estão e continuarão sendo feitos para avaliar a proposta do importante concorrente da Companhia, nada obstante, entre outros aspectos, ter se recusado, até o presente momento, a firmar acordo de confidencialidade e a estipular mecanismo de proteção para a Companhia quanto ao eventual insucesso da operação por desistência ou outros atos discricionários da administração e/ou dos acionistas da própria Totvs".

Leia mais ...

24/09/2020 13:25 Arrendamento por mais 25 anos Log-in renova contrato do Terminal de Vila Velha
A Log-In (B3: LOGN3) prorrogou, junto à União, o arrendamento do Terminal Vila Velha, localizado em Vitória/ES.

A exploração do terminal foi ampliada para 25 anos - até 2048 - e estabelece o compromisso de investimento inicial de quase R$ 82,9 M, data-base 2017-12, para aquisição de novos equipamentos e sistemas para a melhoria da produtividade da operação do sistema de berços, do pátio, aquisição de novos guindastes e empilhadeiras.

Além disso, ao longo do prazo contratual, até 2048, serão aplicados R$ 434 M, data-base 2017-12, para assegurar a manutenção, atualização e/ou substituição dos ativos necessários para a realização das atividades portuárias.
Leia mais ...

24/09/2020 13:14 Ações da Unidas serão incorporadas Localiza e Unidas assinam fusão
A Localiza (B3: RENT3), a Unidas e outros acionistas assinaram acordo de incorporação para sacramentar a fusão entre as companhias.

Com o acordo, a Unidas será incorporada pela Localiza. Para tanto, os acionistas da Unidas receberão 0,44682380 ação ON de emissão da Localiza em substituição a cada 1 ação ON de emissão da Unidas por eles detidas na data de fechamento da operação.

Desta forma, os acionistas da Localiza passariam a deter, em conjunto, 76,85000004% do capital social total e votante da Companhia combinada, enquanto que os então acionistas da Unidas passariam a deter, em conjunto, 23,14999996%.

Sobre a fusão a Localiza comentou que "(a transação) resultará na união de acionistas que são referência e têm longa experiência na indústria, na combinação de talentos para prover soluções inovadoras em mobilidade, na criação de player com escala global, comprometido com os mais altos níveis de governança e com ambição para prover a melhor experiência do cliente, aumentando o acesso da população e de empresas ao aluguel de carros.

Do ponto de vista econômico-financeiro, a integração dos negócios deverá promover sinergias e aumentos de eficiência na companhia combinada resultante da incorporação de ações".
Leia mais ...

24/09/2020 12:41 Ações desdobradas terão direito Raia Drogasil paga JSCP
A Raia Drogasil (B3: RADL3) informou o pagamento de JSCP (Juros Sobre Capital Próprio).

O valor bruto a ser pago por ação é de R$ 0,030314292 e não sofrerá nenhuma atualização monetária.

A posição acionária a ser considerada será a de hoje (2020-09-24), sendo que as novas ações desdobradas já integrarão tais JSCP.

A partir de amanhã (2020-09-25), as ações da Companhia serão negociadas ex-JSCP. Haverá IRRF.
Leia mais ...

24/09/2020 12:32 Envelopes com ofertas serão abertos em 2020-11-06 SPTuris inicia licitação para repassar Anhembi
A SPTuris (B3: AHEB3, AHEB5 e AHEB6) deu início a licitação para a concessão do Complexo do Anhembi.

O recebimento dos envelopes com as ofertas será até às 9h30 de 2020-11-06 no Setor de Protocolo da SPTuris, localizado no Parque Anhembi.

A Sessão Pública para a abertura dos envelopes será realizada no mesmo dia, a partir das 10h, no Palácio das Convenções do Anhembi.
Leia mais ...

24/09/2020 12:18 Substituindo Rubem Novaes André Guilherme Brandão assume BB
Após diversas polêmicas em torno de supostos financiamentos para a propagação de fake news e em meio a conversas sobre privatização, o Banco do Brasil (B3: BBAS3) anunciou oficialmente André Guilherme Bandão como seu mais novo presidente no lugar de Rubem Novaes.

Segundo o BB, André Guilherme Brandão, 55 anos, é graduado em Ciência da Computação pela Universidade Mackenzie/SP. André tem 34 anos de experiência no mercado financeiro.

Trabalhou no HSBC por mais de 20 anos em diferentes funções, inclusive como chefe global do banco para as Américas e para a Europa.

Também, nesse período, exerceu os cargos de presidente da corretora do HSBC nos EUA e de presidente do HSBC Brasil. Anteriormente, trabalhou no Citibank como chefe da área de estruturação de produtos.
Leia mais ...


Ver mais antigas