Mais lidas Nos últimos 90 dias

2020-04-13 12:44

Ações recompradas foram consideradas Unipar retifica valores dos dividendos
A Unipar (B3: UNIP3, UNIP5 e UNIP6) retificou os valores de proventos a serem distribuídos por ação conforme divulgado em 2020-04-03. A mudança acontece por conta do programa de recompra de ações aprovado pelo conselho em 2018-11-09 e que não foram considerados na divulgação anterior.

Após as novas considerações, a distribuição ficou da seguinte forma:

  • Ações ON: De R$ 0,393685714 para R$ 0,3939900763/ação;
  • Ações PN Classe A: De R$ 0,714593340 para R$ 0,7145933404/ação;
  • Ações PN Classe B: De R$ 0,433054285 para R$ 0,4333890839/ação.

O montante total de mais de R$ 41,2 M a ser distribuído permanece inalterado.

O pagamento dos dividendos será realizado a partir de 2020-04-22 e a data-ex é 2020-04-13.
Leia mais ...

2020-04-23 13:48

Companhia Sulamericana de Cerâmica Eternit paralisa controlada e demite empregados
A Eternit (B3: ETER3)  interrompeu, ontem (2020-04-23), as operações industriais de sua controlada Companhia Sulamericana de Cerâmica S.A. – em Recuperação Judicial (CSC), com a consequente demissão de todos os colaboradores.

A decisão de paralisar as operações se deve aos impactos diretos sofridos pela Companhia em razão da pandemia do Covid-19 "e que inviabilizou a continuidade dos esforços para a conservação das suas operações".

Vale ressaltar ainda os sucessivos resultados negativos auferidos pela CSC, como pôde ser verificado no EBITDA (em português: Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização) negativo do 3T/2019 (R$ 5.415 mil) e do 4T/2019 (R$ 2.983 mil).

Segundo a Eternit, a unidade será mantida hibernada até nova ordem da Administração.
Leia mais ...

2020-05-05 10:57

Balão Vermelho Bahema exerce direito de compra de escola em BH
A Bahema (B3: BAHI3), por meio de sua subsidiária Bahema Educação RJ Ltda., exerceu uma opção de compra de 100% do capital social da Centro de Pesquisa e Formação de Educação Balão Vermelho Ltda., mantenedora da escola Balão Vermelho em Belo Horizonte/MG, tudo conforme contrato de mútuo e outorga de opções firmado em 2017-07.

Em decorrência do exercício da opção, a Companhia converterá o mútuo concedido às sócias em 2017 e 2018, no valor de R$ 3,5 M, em participação societária e, ainda, deverá pagar às sócias da escola montante adicional de R$ 14,6 M, já descontado o endividamento líquido.

A Companhia realizará AGE (Assembleia Geral Extraordinária) até 2021-04 para submeter a transação à ratificação de seus acionistas.

A Companhia afirmou que a transação não está sujeita a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Leia mais ...

2020-04-24 13:51

Decisão vale para todas as empresas da Companhia Renner reabre algumas lojas
A Renner (B3: LREN3) comunicou que iniciou hoje (2020-04-24) a reabertura gradual de algumas lojas de seu grupo (Renner, Camicado, Youcom e Ashua).

Segundo a Companhia,  as decisões para as retomadas são "analisadas individualmente, respeitando decretos governamentais locais, seguindo critérios técnicos sobre a extensão da pandemia em cada município e garantindo a segurança das pessoas e do negócio".

Também é considerado que o comércio varejista já esteja em funcionamento nessas cidades para a reabertura ou não.

Por fim, a Renner afirmou que seguirá atenta ao fato, podendo, nos próximos dias, aumentar ou reduzir o número de lojas em operação, "garantindo as medidas de segurança para a preservação da saúde dos colaboradores, clientes, fornecedores e comunidade".

Até a publicação desta notícia (13h45), o número total de lojas reabertas era de:

  • Renner: 10 de 379 (2,6%);
  • Camicado: 2 de 112 (1,8%);
  • Youcom: 2 de 98 (2%);
  • Ashua: 1 de 8 (12,5%);
  • Total: 15 de 597 (2,5%).

Para acompanhar a atualização de lojas reabertas, acesse o site de RI da Renner.
Leia mais ...

2020-04-14 14:30

Proposta será votada em AGE Totvs estuda desdobrar ações
A Totvs (B3: TOTS3) irá propor, em sua próxima AGE (Assembleia Geral Extraordinária), marcada para o dia 2020-04-27, o desdobramento de ações.

A ideia da Companhia é a de desdobrar todas as ações ON de sua emissão na proporção de 1:3, sem alteração do capital social.

Para cada ação ordinária de sua titularidade, o acionista receberá, em função do desdobramento, mais duas ações da mesma espécie, ficando, ao final, com três ações ON.

Dessa forma, caso aprovado, o capital social da Companhia passará a ser dividido em pouco mais de 577.913.181 ações ON.

Os motivos do desdobramento proposto pela Totvs são:

  • Aumentar a liquidez das ações ON de emissão da Companhia no mercado;
  • Possibilitar ajuste na cotação das ações ON de emissão da Companhia, tornando o preço por ação mais atrativo e acessível a um maior número de investidores.

Leia mais ...

2020-04-09 16:21

100% do capital social DASA finaliza compra da AllBrokers
A DASA anunciou o término da aquisição de 100% da AllBrokers Corretora de Seguros.

Porém, segundo a Companhia, "em virtude do preço da aquisição ultrapassar os limites de que trata o inciso II do artigo 256 da Lei 6.404/76, a aquisição será submetida à ratificação dos acionistas em Assembleia Geral Extraordinária que será convocada oportunamente".
Leia mais ...

2020-04-17 11:16

Maior parte para dividendos intercalares Cogna formula distribuição de lucro
A Cogna (B3: COGN3) apresentou sua proposta de distribuição do lucro líquido apurado em 2019, a ser votada nas AGOE (Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária) marcadas para 2020-04-30.

A divisão sugerida ficou da seguinte maneira:

  • R$ 153.352.816 referentes a dividendos intercalares distribuídos pela Companhia. O valor equivale a dividendos de R$ 0,0820597866/ação ON;
  • R$ 11.762.238,29 destinados à reserva legal; 
  • R$ 70.129.711,42 destinados à reserva para investimentos.
Leia mais ...

2020-04-09 16:55

Empresa proporá 2020-12-15 como data Petrobras suspende pagamento de dividendos
Além de cancelar sua AGO (Assembleia Geral Ordinária), a Petrobras confirmou que também suspendeu o pagamento de dividendos com base no resultado de 2019.

O valor total é de R$  1,7 B, ou R$ 0,233649/ação ON e R$ 0,000449/ação PN.

A companhia irá propor a manutenção da data de pagamento dos dividendos em 2020-12-15, observadas as instâncias internas da Petrobras.

Ainda segundo a estatal, todas as datas constarão na Proposta da Administração a ser divulgada oportunamente quando ocorrer a nova convocação da AGO.

Leia mais ...

2020-04-20 16:40

Efeito da pandemia de Covid-19 Cosan atualiza situação de negócios
A Cosan (B3: CSAN3), de forma preliminar e com base nas informações disponíveis até o momento, indicou, em linhas gerais, os efeitos observados até então na demanda nos principais segmentos de operação da Companhia, desde o início das medidas de isolamento social, há aproximadamente 4 semanas, em comparação com o mesmo período do ano anterior:

  • Raízen Combustíveis: As vendas de combustíveis apresentaram contração, tendo chegado a:
    • 50% em gasolina e etanol;
    • 25% no diesel;
    • 80% no segmento de aviação, uma vez que malhas operadas foram significativamente reduzidas.
  • Raízen Energia:
    • A demanda por etanol tem apresentado redução em linha com a menor demanda por combustíveis;
    • No açúcar, as vendas já haviam sido contratadas para a safra 2020/21 que acaba de iniciar, não tendo apresentando impactos relevantes na sua programação de comercialização.
  • Comgás: A demanda por gás natural no segmento:
    • Industrial já sofreu redução de até 40%, concentrada em alguns setores da indústria que suspenderam ou reduziram suas atividades;
    • Comercial vem apresentando retração de até 60%;
    • Residencial tem expandido em cerca de 10% em função da restrição à circulação de pessoas.
  • Moove: A demanda por Lubrificantes vem apresentando redução média de cerca de 50% nas últimas semanas, no Brasil e nos demais países de atuação.

Leia mais ...

2020-04-15 13:03

Residentes na área da barragem de Doutor Justiça determina que Vale pague a desabrigados
A 1ª Vara Cível da Comarca de Ouro Preto/MG deferiu, ontem (2020-04-14), pedido do Ministério Público do Estado de Minas Gerais de bloqueio de recursos da Vale (B3: VALE3) no montante de R$ 50 M, dentre outras solicitações.

O valor bloqueado serve para garantia, exclusivamente, do ressarcimento de eventuais prejuízos decorrentes da remoção compulsória das pessoas residentes na possível área de alagamento na hipótese de rompimento da Barragem Doutor, localizada em Ouro Preto/MG.

O juízo também determinou que a Vale inicie o pagamento no prazo de 30 dias, a contar da remoção, até o reassentamento definitivo, de prestação mensal emergencial, no importe de 1 salário mínimo a adultos, 1/2 salário mínimo aos adolescentes e 1/4 de salário mínimo às crianças, a todas as pessoas que forem removidas de suas residências.

Estima-se que 229 pessoas passarão a receber o auxílio emergencial.

Segundo a Vale, a remoção da população residente na Zona de Auto Salvamento foi iniciada em 2020-02-16 em conjunto com a Defesa Civil Municipal de forma gradativa e programada, em função do início do processo de desmonte da barragem.

Sobre a decisão da Justiça, a Vale informa que "adotará as medidas necessárias para assegurar seu direito de defesa dentro dos prazos legais".
Leia mais ...

2020-04-20 16:15

Reforço de posição de caixa Aegea recebe R$ 150 M de empréstimo
A Aegea Saneamento comunicou o recebimento de R$ 150 M contratados por empréstimo junto ao banco BTG Pactual.

O empréstimo foi formalizado por Cédula de Crédito Bancário e vence em 2022-04-16.

A Aegea contraiu o empréstimo visando "reforçar sua posição de caixa em contexto de volatilidade do mercado de crédito, trazendo mais segurança para a execução do plano de investimentos em saneamento nos diversos municípios em que atua".

Leia mais ...

2020-05-18 11:03

Aumento de 78,1% em relação a 2019 Itaúsa quer remunerar administradores em R$ 46,8 M
A Itaúsa (B3: ITSA3 e ITSA4) apresentou sua proposta de remuneração aos seus administradores.

Em 2019, a remuneração total foi de R$ 26,2 M, sendo R$ 4,5 M para o Conselho de Administração, R$ 19,9 M à diretoria e R$ 1,8 M para o Conselho Fiscal.

Para 2020 a Companhia pede R$ 46,8 M de remuneração - 78,1% a mais do que em 2019.

A Itaúsa alega que o aumento da remuneração deve-se a "reestruturação promovida na composição da Diretoria (de 4 para 7 diretores), inclusive com instituição do bônus de retenção, além do realinhamento da tabela de remuneração dos administradores (em especial dos Presidentes do Conselho de Administração e da Diretoria) aos padrões de mercado e compatíveis com o porte da Companhia".

O novo valor está dividido da seguinte maneira:
  • R$ 30 M para a diretoria;
  • R$ 15 M para o Conselho de Administração;
  • R$ 1,8 M para o Conselho Fiscal.
Leia mais ...

2020-04-14 12:07

Estrutura da negociação está em análise pela AES Eneva e Tietê seguem conversas por parceria
Após mais de um mês de negociação, a combinação de negócios entre Eneva (B3: ENEV3) e AES Tietê (B3: TIET11,TIET3 e TIET4) deu sinais de avanço.

Nas últimas semanas, as duas companhias vêm realizando reuniões de forma a alinhar as estruturas do projeto. De acordo com a Eneva, a Tietê já conhece em detalhe os termos propostos para a Operação, inclusive quanto à estrutura para sua implementação, que compreenderia: 
  • A incorporação da AES Tietê, a valor contábil, por uma subsidiária integral da Eneva com a emissão de ações ON e PN resgatáveis; 
  • O resgate compulsório das ações PN da Holding mediante o pagamento de R$ 1,3784 por ação, no valor total aproximado de R$ 2,75 B;
  • Incorporação da Holding pela Eneva, também a valor contábil, com a emissão de 91.994.693 novas ações ON da Eneva a serem entregues na proporção de 0,0461003208 novas ações ON de emissão da Eneva para cada 1 ação ON de emissão da Holding.
No entendimento da Eneva, tal estrutura é a melhor dentre as analisadas, pois, "além dos benefícios da Operação já divulgados anteriormente, permitirá sinergias operacionais e fiscais com efeitos vantajosos aos acionistas das companhias". Tal ponto é balizado pelo relatório econômico-financeiro sobre sinergias da Combinação de Negócios enviado à Tietê.

A Eneva ainda confirmou o envio de outros documentos importantes para análise por parte da Tietê. Para a Companhia, tal operação é vantajosa para os acionistas da Tietê, pois "receberão parcela significativa em dinheiro".

Por fim, a empresa afirmou que questionou a Tietê "se esta entendia ser útil a prorrogação do prazo da oferta da Eneva – até mesmo considerando os prazos que os assessores da AES Tietê têm tomado para dar andamento ao processo –, para que possa concluir a análise dos benefícios da Operação e firmar os documentos necessários à sua implementação", o que deve ser feito até 2020-04-21.

O outro lado
Por sua vez, a AES Tietê se limitou a confirmar o recebimento dos documentos e que estes serão encaminhados para análise de seu Conselho de Administração e de seus respectivos assessores contratados e, ainda, que se manifestará a respeito de seu conteúdo, bem com sobre a oferta para a prorrogação do prazo da proposta, até a data assinalada pela Eneva.

Saiba mais sobre a negociação:
Leia mais ...

2020-04-09 17:42

Valor total de R$ 450 M Ânima firma novo empréstimo com IFC
A Ânima Educação firmou novo contrato de crédito com a International Finance Corporation (IFC) no valor de R$ 450 M.

O empréstimo tem as as seguintes condições:

  • Juros pagos a cada seis meses;
  • Principal será pago em 11 parcelas semestrais, sendo a primeira devida em 2023-03-15 (três anos de carência com prazo total de oito anos);
  • Garantias:
    • Ratificação das garantias da operação já existente com a IFC (alienação fiduciária de ações da subsidiária Brasil Educação S.A. e cessão fiduciária de recebíveis de determinadas subsidiárias da Companhia);
    • Alienação fiduciária das quotas das subsidiárias relacionadas a AGES;
    • Fiança e aval de todas as subsidiárias;
    • Compromisso de manutenção da titularidade de ações por determinados acionistas fundadores da Companhia.

O empréstimo contratado é o terceiro investimento da IFC na Ânima. A instituição participou como investidora-âncora na Oferta Pública Inicial (IPO) da Ânima em 2013 e apoiou o plano de expansão da empresa com um empréstimo de longo prazo de R$ 139 M em 2016.

O recurso da IFC representa, segundo a Ânima, importante reforço no caixa da Companhia, ao mesmo tempo em que apoiará o programa de aquisição e integração dentro da estratégia de expansão, por meio de várias instituições de ensino superior no Brasil, incluindo as três transações realizadas em 2019:

  • AGES (Bahia e Sergipe);
  • UNICURITIBA (Paraná);
  • Unisul (Santa Catarina, na qual a Ânima atua como parceira na gestão com opção de aquisição).
Leia mais ...

2020-04-16 11:41

Referentes ao resultado de 2019 Banpará paga dividendos em maio
O Banpará (Banco do Estado do Pará) (B3: BPAR3) comunicou o pagamento de dividendos referentes ao exercício de 2019 a seus acionistas.

O pagamento será realizado a partir de 2020-05-07, sendo R$ 12,07739201/ação.

Terão direito aos dividendos todos acionistas na data base de 2020-04-20, sendo que as ações de emissão da Companhia passarão a ser negociadas ex-dividendos a partir de 2020-04-22.

Leia mais ...

2020-04-27 11:53

Covid-19 impõe desafio às estimativas Fras-Le cancela projeções
A Fras-Le (B3: FRAS3) cancelou suas projeções para 2020.

Em comunicado, a Companhia alegou que tomou tal decisão "considerando a incerteza, a volatilidade e o rápido alastramento da pandemia de Covid-19 nos mercados em que atua", ficando assim "impossibilitada de estimar seus impactos nas operações para o ano de 2020".

Por fim, a empresa não cravou data para lançar novas projeções. "A Companhia poderá divulgar novas projeções quando o cenário permitir maior clareza acerca da previsão de seus resultados financeiros."

Leia mais ...

2020-04-28 09:56

Entre 2020-05 e 2020-06 Whirlpool reduz jornada, salário e contratos
A Whirlpool (B3: WHRL3 e WHRL4) anunciou medidas na tentativa de ajudar no combate ao Covid-19.

Durante os meses de maio e junho, a Companhia reduzirá em 25% a jornada de trabalho e os salários de seus funcionários da manufatura.

Além disso, foi anunciada a suspensão dos contratos de trabalho dos promotores de venda e dos demais profissionais da área administrativa pelo mesmo período.
Leia mais ...

2020-04-15 10:47

No montante de R$ 150 M Algar faz 10ª emissão de debêntures
A Algar realizou sua 10ª emissão pública de debêntures simples.

O montante total é de R$ 150 M e tem por objetivo reforçar, de forma preventiva, o caixa (capital de giro) e garantir robustez ainda maior "para que a Companhia possa não somente dar continuidade ao seu plano de negócios, mas, também, arcar com eventuais necessidades que possam ocorrer".

As debêntures foram emitidas em 2020-04-10 (150.000) no valor unitário de R$ 1.000.
Leia mais ...

2020-04-22 13:48

Serão compradas até 20,3 M de ações Unidas aprova 4º Programa de Recompra de Ações
A Unidas anunciou a realização de seu 4º Programa de Recompra de Ações em período de 18 meses.

Ao todo, serão compradas até 20,3 M de ações, que correspondem a 4% do total do capital social da Companhia.
Leia mais ...

2020-04-29 13:07

Sua fábrica, porém, segue fechada Vivara reinicia operações hoje
A Vivara (B3: VIVA3) começou hoje (2020-04-29) a reabrir gradativamente suas lojas.

Segundo a Companhia, "as reaberturas levam em conta decisões governamentais dos municípios e seguem protocolos de prevenção e segurança para preservar a saúde de todos".

Todavia, sua fábrica localizada em Manaus/AM segue com suas operações suspensas e sem prejuízo da operação de varejo, "tendo em vista que os produtos acabados foram direcionados para o centro de distribuição de São Paulo, garantindo, desta forma, o estoque necessário para reposição das lojas".

A Companhia ressaltou, ainda, que segue acompanhando os desdobramentos do Covid-19 no País, bem como monitorando a situação das lojas reabertas, podendo rever ou ampliar a decisão "de forma diligente e segura".
Leia mais ...